Coronavírus: o que é e como se prevenir?

Você já percebeu nos últimos dias que o Coronavírus preocupa a saúde global. Um surto que tem assustado e mobilizado diversos países no combate e controle da doença. A China já registrou – até o momento desse post – cerca de 12 mil casos. Por isso, para ajudar a entender mais sobre esse vírus, os sintomas, tratamentos e prevenção, se liga nesse post.

O que é o coronavírus?

Coronavírus (CoV) é o nome dado para um grupo de vírus de genoma de RNA, conhecidos desde meados dos anos 1960. Pode infectar humanos e animais, geralmente causando doenças respiratórias leves e moderadas, semelhantes a um resfriado. Ou seja, a maioria dos casos de infecção são de curta duração e com esse tipo do vírus. Os coronavírus que comumente infectam humanos são, por exemplo, o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Mas esses não são os únicos tipos. Por isso, há casos que podem causar complicações graves, como a síndrome respiratória aguda grave que ficou conhecida pela sigla SARS (Severe Acute Respiratory Syndrome). Ela é causadora, por exemplo, da pneumonia atípica e traz sérios riscos à saúde.

Essa não é a primeira vez que o vírus assusta

O coronavírus associado a SARS já assustou o mundo em 2002, quando se disseminou para mais de doze países na Europa, Ásia, América do Norte e América do Sul. Como dessa vez, começou na China. Infectou aproximadamente 8000 pessoas e causou cerca de 800 mortes. Em 2012, também há registros do vírus no Oriente Médio, que ficou conhecido como Mers.

A atual transmissão, identificada em 7 de janeiro, na cidade de Wuan, veio a partir da busca de respostas para uma pneumonia de etiologia até então desconhecida que estava afligindo os chineses. De lá para cá foi decretado estado de emergência global em saúde.

entenda o coronavirus

Sintomas de infecção do coronavírus

O período de incubação pode ser de 2 a 14 dias e há registros de casos assintomáticos. Mas na maior parte das vezes, apresenta infecções das vias aéreas superiores, semelhante a um resfriado. Por isso, os principais sintomas são:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar
  • Dor de cabeça
  • Dores musculares
  • Confusão mental
  • Irritação na garganta
  • Desconforto no peito

Em situações mais graves, ela pode causar pneumonia e insuficiência respiratória aguda.

Como é transmitido

A transmissão entre humanos se dá através do contato físico, pelo ar ou por secreções. Ou seja, pode acontecer por tosse ou espirro, contato pessoal, aperto de mão, contato com superfícies infectadas, toque com a boca, nariz ou olhos.

Ainda não se sabe exatamente como se dá o contágio, mas sabe-se que o vírus se propaga com facilidade.

Tipos de prevenção

Evitar o contato com as formas de infecção é o principal meio de prevenção do coranavírus. Portanto:

  • Evite contato próximo com pessoas que estejam com infecções respiratórias
  • Lave as mãos com frequência
  • Evite contato com pessoas doentes
  • Não ficar em locais fechados com aglomeração de pessoas
  • Use lenço descartável para higiene nasal
  • Cubra nariz e boca ao espirrar e tossir
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal
  • Use máscara de proteção

Tem tratamento para o coronavírus?

Ainda não há um tratamento ou medicamento específico. Por isso, a doença é ainda mais perigosa. Indica-se, além de repouso, a ingestão de líquidos e medidas para aliviar os sintomas. Casos mais graves exigem outras medidas, por exemplo, o uso de oxigênio e ventilação mecânica.

Como a doença é nova, ainda não há uma vacina. Centros de controle de vários países buscam essa solução, mas momentaneamente ela ainda não foi identificada. Então, busque se prevenir.

Cartão de vantagens farmácia em JF

Veja também

5 coisas que você precisa saber sobre o colesterol.

Entendendo a liberação da Cannabis.

alcool e medicação

Carnaval na Farmácia: O que devo saber antes de cair na folia?

colesterol alto

5 coisas que você precisa saber sobre o colesterol

uso terapeutico da cannabis

Entendendo a Liberação da Cannabis

pressão alta

Hipertensão: conheça as causas e como evitar