fbpx

Osteoporose: tudo que você precisa saber

A osteoporose é uma doença silenciosa, caracterizada pela diminuição da massa óssea, com o desenvolvimento de ossos ocos e fracos. Ossos sensíveis, sujeitos mais facilmente à fraturas.

Com o envelhecimento da população e o aumento da média de vida, tornou-se mais comum ouvir falar da osteoporose. E ela é mais presente entre as mulheres acima dos 45.

O que é a osteoporose

Até os 20 anos temos a fase de ganho da massa óssea, assim como a partir dos 40 temos a fase de perda. Mas independente desses períodos, contamos com o processo de renovação. Os ossos são compostos de uma matriz mineral com cálcio. Além disso, contam com os osteoclastos e os osteoblastos, células envolvidas na renovação dos ossos.

Os osteoclastos participam da absorção de minerais, eliminando áreas de tecido ósseo e criando cavidades. Já os osteoblastos são encarregados de preencher essas cavidades, produzindo ossos novos. Para isso, utilizam cálcio, que é absorvido com a ajuda da vitamina D.

Para se ter uma ideia, a cada 3 meses 10% do esqueleto se renova através desse processo orgânico.

O problema começa quando ocorre um desequilíbrio entre as células de absorção e regeneração. Com isso, os osteoclastos agem mais rápido que os osteoblastos, ou seja, a degradação do osso ocorre numa velocidade maior que a fase de reposição. Esse período inicial é conhecido como osteopenia. Assim começa a causa da osteoporose e, como muitas vezes isso ocorre de maneira imperceptível, a doença só é identificada em fases mais avançadas.

osteoporose

Outras causas

Mas a osteoporose também pode ter causas secundárias, como as relacionadas à outras doenças. Por exemplo, problemas renais, endócrinos ou até mesmo o uso de certos medicamentos podem levar a chamada osteoporose secundária.

O tabaco também é um agente agravante, pois ele destrói as células que formam os ossos. Além disso, outros vilões são: a falta de vitamina D, o sedentarismo e a predisposição genética.

Sinais e sintomas da Osteoporose

Na maioria dos casos ela é uma doença silenciosa e os sintomas só aparecem de fato mais tarde. Por isso a maioria dos casos é detectado em estado avançado. Os principais indícios são a dor crônica ou a ocorrência de fraturas.

Para identificar a doença existe o exame de densitometria óssea. Nele o raio X envia ao computador valores da massa óssea, vendo o osso por dentro e medindo sua densidade mineral.

Fatores de risco

  • Falta de cálcio no organismo
  • Sedentarismo
  • Envelhecimento
  • Tabagismo e abuso de consumo alcoólico
  • Fatores genéticos
  • Menopausa
  • Diabetes ou problemas na tireoide
  • Uso contínuo de alguns medicamentos, como os a base de corticoide
Cartão de vantagens farmácia em JF

Como se prevenir

A alimentação é um fator chave. A ingestão de cálcio é imprescindível e recomenda-se 1100 miligramas por dia. O nutriente é mais encontrado no leite e derivados.

A vitamina D também é imprescindível, pois sem ela a absorção mineral fica prejudicada. O ideal é a ingestão diária de 400 a 600 miligramas. O sol é uma das formas mais naturais de sua aquisição.

Praticar atividade física ao longo da vida também ajudará no combate a osteoporose. Principalmente os exercícios físicos de impacto, que estimulam a formação da massa óssea e também da massa muscular – também protetora de lesões.

Caminhar, nadar, andar de bicicleta e praticar exercícios com pesos ajudam a manter o tônus muscular e prevenir osteoporose.

Qual o tratamento?

O primeiro passo é identificar a causa para então iniciar o tratamento da osteoporose. Como há diferentes causas, identificar e sanar o que vem causando a doença é fundamental para evitar seu progresso.

O tratamento envolve evitar fraturas, diminuir a dor e desconforto, além de manter a funcionalidade e a qualidade de vida do paciente.

Existem vários medicamentos utilizados e tudo depende do quadro em que o paciente se encontra. Por exemplo: hormônios, bisfosfanatos, alendronato, calcitonina, dentre outros.

Quem define o melhor tratamento é o médico, preparado para lidar com cada particularidade do paciente.

Cuide-se! Essa é a principal dica. Faça exames regulares e pratique as formas de prevenção. Isso ajudará você a envelhecer com saúde e evitar a osteoporose.

farmácias Droga Mais

Veja também

Melhor ter saúde na terceira idade

Menopausa e os cuidados com a saúde

Cuidar da mente, mesmo nos momentos mais difíceis

pedidos na farmacia

Como pedir seu medicamento na farmácia

evitar cancer de pele

Cuidados com a pele são essenciais

terceira idade

Melhor ter saúde na Terceira Idade

amamentação

Amamentação: leite materno é essencial para o bebê

×