fbpx

Cuidados com a pele são essenciais

Muita gente acha que os cuidados com a pele são apenas fatores estéticos. Mas são muito mais do que isso. E o Dezembro Laranja está aí justamente para nos lembrar desse fato. O mês é utilizado para uma campanha de combate e prevenção ao câncer de pele.

Você sabe como essa doença se desenvolve? O que fazer para evitar esse tipo de câncer? Como cuidar da pele para que você esteja protegido? Então nós vamos deixar algumas dicas para você.

O que é o câncer de pele

O Brasil registra a cada ano cerca de 185 mil casos de câncer de pele. O tipo mais comum, o câncer de pela não melanoma, tem baixa natalidade, mas grande ocorrência. Ele é ocasionado, basicamente, pelo crescimento desordenado e anormal de células, que formam camadas afetadas e que caracterizam principalmente dois tipos de câncer:

Carcinoma basocelular (CBC)

Surge em células basais, nas camadas mais profundas da epiderme. Tem baixa letalidade, quando descoberto no início. Ocorre principalmente nas regiões da face, orelhas, pescoço couro cabeludo, ombros e costas.

Carcinoma espinocelular (CEC)

Esse é o segundo tipo mais comum e se manifesta nas células escamosas, camadas mais superiores da pele. Embora seja mais comum nas áreas expostas ao sol, pode se desenvolver em todas as partes do corpo. A pele, na região afetada, geralmente apresenta sinais de dano solar, como enrugamento, mudanças na pigmentação e perda de elasticidade. Eles também podem ter aparência similar as verrugas.

Melanoma

Além desses, outro tipo comum é o melanoma. É um pouco menos frequente, mas conta com um agravamento: tem alto índice de mortalidade. Porém, descobrir precocemente aumenta em 90% a chance de cura. Tem aparência de pinta ou sinal na pele, que podem mudar de cor, formato ou tamanho.

Em todos os casos, somente um diagnóstico médico poderá definir se é ou não câncer, qual tipo e tratamento.

Cuidados com a pele para evitar câncer

Assim como é sabido, a exposição excessiva ao sol é a principal causa do câncer de pele, mas não é a única. Alguns casos da doença estão associados às feridas crônicas e cicatrizes na pele, uso de drogas antirrejeição de órgãos transplantados e exposição a certos agentes químicos ou à radiação.

Portanto, os cuidados são maiores:

  • Evite exposição excessiva ao sol
  • Observe seu corpo com frequência e procure um especialista se houver algum sinal
  • Cuidado com radiação a agentes químicos e radiação. Utilize equipamentos de segurança se trabalhar nessa área.
  • Não consuma drogas

Além desses cuidados com a pele, outros hábitos são importantes:

  • Não durma de maquiagem
  • Evite esfoliar demais a pele
  • Use cotidianamente o protetor solar
  • Cuidado com uso de produtos caseiros ou sem orientação médica. Procure por produtos que sejam indicados para sua pele e que tenham registro nos órgãos de segurança

Tomando os cuidados e seguindo as instruções do seu dermatologista, sua pele vai estar sempre linda e saudável!

Quer saber mais dicas para sua pele? Fale com os farmacêuticos da Droga+Mais.

farmácias Droga Mais

Veja também

Osteoporose: tudo o que você precisa saber.

Teste Rápido do Covid em Juiz de Fora.

Cuidar da mente, mesmo nos momentos mais difíceis.

pedidos na farmacia

Como pedir seu medicamento na farmácia

osteoporose

Osteoporose: tudo que você precisa saber

terceira idade

Melhor ter saúde na Terceira Idade

amamentação

Amamentação: leite materno é essencial para o bebê

×